(35) 3713 - 1352 Segunda - Sexta 08:00 - 18:00

Descubra como setores empresariais que usam o aquecimento solar se beneficiam dessa tecnologia

Já falamos brevemente sobre como os segmentos de construção civil, imobiliário, industrial e agronegócio estão se beneficiando do emprego de aquecimento solar. Neste artigo, você terá a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre esses e outros setores empresariais que usam o aquecimento solar como parte de seu planejamento estratégico.

1. Indústria alimentícia

Para a indústria alimentícia, a questão da higienização é primordial. Por isso, grandes volumes de água quente são utilizados para limpar tanto os equipamentos quanto a área em que o alimento é processado.

Nesse sentido, fábricas de cerveja e vinho também fazem uso da tecnologia, para garantir que a levedura empregada na fermentação não se contamine com outros microorganismos prejudiciais.

Por fim, a água quente é usada para o cozimento de grande quantidade de alimentos em diversas etapas do processo produtivo. Fábricas de alimentos em conserva, por exemplo, a usam para preparar carnes, vegetais e outros através de escaldamento e pré-cozimento.

2. Agroindústria

O Brasil é grande produtor de leite. Porém, rígidos padrões sanitários obrigam os laticínios a fazer uso de grandes volumes de água aquecida para o processo de pasteurização do produto, esterilização de equipamentos como ordenhadeiras e recipientes de armazenamento, secagem, criação de concentrados e alimentação de caldeiras.

Além disso, o aquecimento solar tem sido cada vez mais usado no setor de criação de animais, tais como avicultura e suinocultura para higienização dos criadouros, abatedouros, lavagem da carne e sanitização dos locais de armazenamento. Nesses casos, os aquecedores solares são usados para pré-aquecimento da água, diminuindo assim os custos com energia elétrica.

3. Cozinhas industriais e padarias

Semelhantemente à indústria alimentícia, as cozinhas industriais e padarias precisam atender altos padrões de qualidade de higiene, pois qualquer contaminação pode resultar em problemas sérios para a saúde pública e para o empreendedor. Assim, a água quente é usada para higienizar pratos, copos, talheres, xícaras e outros utensílios usados no dia a dia.

Além disso, nas diversas fases da produção de comida, pães, bolos etc., há necessidade do uso de água quente. No caso de padarias, a conta de energia é um centro de custo, e muitos padeiros têm adotado a tecnologia de aquecimento solar para diminuir seus gastos e serem mais sustentáveis ambientalmente.

Por essa razão, muitas estão optando pelo uso de aquecedores solares com intuito de diminuírem os custos da conta de eletricidade.

4. Hotéis

A eletricidade é o grande centro de custo do setor hoteleiro. Dentro da conta de energia de um hotel, os equipamentos que mais gastam são ar condicionado e sistemas de aquecimento de água para banho e piscina.

Por esse motivo, muitos hotéis têm sido pioneiros na adoção de sistemas solares para diminuir o valor pago no fim do mês. Com essa atitude, eles não apenas estão cortando custos, mas também se diferenciando no mercado hoteleiro, que é extremamente competitivo, através de selos de sustentabilidade ambiental e eficiência energética.

5. Academias e clubes

Entre os setores empresariais que usam o aquecimento solar, um dos que mais se beneficia é o de academias e clubes. Isso porque é muito comum haver piscinas aquecidas para natação, hidroginástica e outros esportes aquáticos.

Não obstante, os chuveiros precisam ter aquecimento, e os vestiários devem ser bem higienizados para evitar a proliferação de fungos como micose e outras doenças de pele. A instalação de coletores solares para aquecimento de água já é uma realidade para  academias e clubes.

O Brasil hoje grande líder mundial em aquecimento solar, tanto em razão a alta disponibilidade de energia solar incidente ao longo do ano quanto pela simplicidade do processo de instalação dos aquecedores solares, fatores que tornam o custo da implantação muito baixo.

Vários setores empresariais que usam o aquecimento solar já se beneficiam da economia proporcionada pelo uso da tecnologia. Além disso, a sustentabilidade ambiental e a eficiência energética são parâmetros de qualidade que podem tornar-se diferencial de mercado, como no caso da indústria hoteleira. No caso de academias e clubes, o aquecimento de piscinas e chuveiros tem sido feito por aquecedores solares de água.

Esses são apenas alguns exemplos atualmente em uso, mas o potencial de expansão é muito maior. Você conhece mais algum setor empresarial que precise de água quente e poderia usar aquecedores solares em seus processos produtivos? Conte para nós nos comentários. A Solar Minas agradece sua visita.

Deixe uma resposta

Fechar menu